O que eu achei de Death comes to Pemberley

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.46.58

Ontem eu assisti o primeiro episódio da série Death comes to Pemberley, e como grande fã da obra Orgulho e Preconceito da escritora Jane Austen (digo Jane Austen e não a autora do livro que originou a série porque não a conheço e nem li o livro), não pude deixar de escrever sobre as minhas impressões sobre ela.

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.54.55

Antes de mais nada, uma pequena sinopse da série para quem ainda não viu ou leu ficar perdido.

“A história acompanha Elizabeth e o Sr. Darcy que, seis anos após os fatos ocorridos no livro de Austen, vivem em Pemberley com seus dois filhos. No momento em que organizam um baile, eles são surpreendidos por Lydia , irmã de Elizabeth, que chega com a notícia de que seu marido George Wickham foi assassinado. Uma investigação tem início levantando suspeitas e revelando segredos.”

Recentemente quase tive um colapso lendo um livro pós Orgulho e Preconceito. Fãs da Jane Austen e da boa literatura não cometam o mesmo erro, então quando fiquei sabendo que iam lançar essa série, veio palpitações no meu peito que só se acalmaram quando li que ia ser produzida pela BBC. Afinal de contas BBC pra mim é sinônimo de no mínimo qualidade. A parti daí comecei a ficar curiosa e ontem finalmente pude conferir a tão esperada, por mim pelo menos, volta do casal mais perfeito da literatura, na minha visão vale ressaltar, Mr. e Mrs Darcy.

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.59.03

A escolha dos atores para o casal principal não me empolgou de cara ( keira knightley e Matthew Macfadyen feelings), mas assistindo a série pude ver que a atuação, principalmente da Anna Maxwell Martin no papel de Lizzie, ficou muito boa, acho que ela soube pegar a personalidade da personagem e colocar no contexto de uma Lizzie mais madura. Sobre o Mr. Darcy nada a reclamar, no geral gostei da dinâmica do casal.

Captura de Tela 2014-01-10 às 23.42.08

Agora sobre o enredo da série, pesquisando um pouco sobre a autora P.D. James, vi que ela é famosa por escrever livros de romances policiais, aliás lendo as críticas dos livros dela fiquei bem curiosa pra ler algum, então como é ponto forte dela já esperava que essa parte do mistério e da investigação ficasse interessante, e não tive surpresas nesse sentido, a historia me prendeu e ficava sempre curiosa com o próximo episódio. Mas o ponto forte pra mim foi que, apesar desse lado investigativo, o romance não ficou de lado, temos a historia da Georgiana e uma mini crise no casal Darcy.

Captura de Tela 2014-01-10 às 23.02.10

A família Bennet também ficou bem representada com o sarcasmo do Mr Bennet, os pobres nervos da Mrs Bennet, as tolices da Lydia e os doces conselhos da Jane. Percebi em alguns diálogos que imitaram bem o estilo da jane Austen, principalmente na carta que a Lizzie lê no final. Outra parte que gostei muito é que vários fatos se encaixam com o que aconteceu em Orgulho e Preconceito, acontece cenas do passado que não deixam a historia ser totalmente paralela, e reforça a ideia de continuidade.

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.51.26

Bom, no geral, depois que me acostumei com os personagens, gostei muito da série e achei uma pena que foram só três episódios. Deu pra matar a saudade de vários personagens e sentir falta agora que acabou.

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.52.37

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.53.50

Captura de Tela 2014-01-10 às 23.00.27

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.55.49

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.56.26

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.57.44

Captura de Tela 2014-01-10 às 22.59.21

Ah vale mencionar que adorei que Chatsworth House foi novamente escolhida pra ser Pemberley, meu sonho é ir lá um dia e tirar muitas fotos.

x x x

Anúncios

The Paradise

Semana passada saiu a tão esperada (para mim pelo menos) segunda temporada de The Paradise. Mais uma série bonitinha da BBC que eu acompanho (✿◠‿◠)

Paradise-the-paradise-bbc-tv-show-34730731-1920-1080

A série é baseada no livro Au Bonheur des Dames do Émile Zola, fiquei super curiosa pra ler mas não encontro pra comprar, e criada pelo Bill Gallagher que também foi o responsável por Lark Rise to Candleford.

The Paradise

A série se passa na Inglaterra Vitoriana, e retrata o impacto de uma grande loja na economia da época, prejudicando os pequenos lojistas tradicionais. Nesse cenário chega na cidade Denise, uma moça simples do interior que veio morar com seu tio, um alfaiate dono de uma pequena loja de tecidos que, assim como os outros lojistas, está indo a falência devido ao exito da grande loja The Paradise.

The Paradise

Assim que Denise percebe a situação financeira do seu tio, resolve pedir emprego na grande loja, logo ela mostra um talento nato pra vendas chamando a atenção do grande proprietário Mr. Moray. A partir dai começa a trama dos personagens, com triângulos amorosos, intrigas, passados obscuros e muito mais. Não vou entrar em detalhes para evitar spoiler.

The_Paradise_BBC_Emun_Elliot

Agora vamos falar da loja The Paradise, a decoração e os produtos são de encher os olhos. Vestidos de sedas, luvas, corsets, perfumes … Tudo no estilo romântico e provençal da época, não tem como não amar. se eu pudesse me teletransportar pra série, compraria muitas coisas sem dúvidas (sim, meu desejo de consumo vai além de tempo, espaço e realidade).

Paradise-the-paradise-bbc-tv-show-34730734-1920-1080

Então é isso, pra quem gosta de séries levinhas e de época The Paradise é sem dúvida uma boa pedida.

xoxo

Lark Rise to Candleford

Se tem coisas que eu sou viciada, essas coisas são… Séries de época da BBC. Adoro a época, o clima, os costumes, as roupas, as heroínas, fora que eles sempre capricham na fotografia deixando tudo mais encantador ainda. Dá vontade de entrar dentro da série e sair fotografando cada paisagem ou decoração que aparece.

A última série que tenho acompanhado é Lark Rise to Candleford, apesar de ter sido lançada em 2008, só fui descobrir a série esse ano, e ainda bem que descobri porque me apaixonei já no primeiro episódio.

Lark Rise to Candleford S3

Lark Rise to Candleford é uma série leve e divertida que se passa na Inglaterra no século XIX, baseada nos livros de Flora Thompson ( que eu ainda não li, mas já está na minha wishlist) . A historia é ambientada no povoado de Lark Rise e a cidade de Candleford, e conta a historia de Laura, uma menina simples de família humilde de Lark Rise que vê sua vida mudar quando sua mãe decide que ela vai morar em Candleford e trabalhar na agência dos Correios da sua tia Dorcas Lane, uma mulher solteira e independente que sempre está disposta a ajudar seus amigos e vizinhos.

1310687073

Laura é o tipo de heroína que eu adoro, tem personalidade forte, é inteligente, determinada, e com altos e baixos na vida amorosa hahaha, além do mais a historia é narrada por ela, o que na minha opinião, deixa um ar mais intimista de “historia contada” que eu gosto muito. No decorrer da trama vamos conhecendo cada personagem, seus sonhos, conflitos, costumes e crenças, e se apegar a eles é quase inevitável (。♥‿♥。)

Lark Rise to Candleford S3

A série conta no total com quatro temporadas, no momento eu estou vendo a terceira muito lentamente, porque estou tão apegada aos personagens que não quero ir para quarta e última temporada (╯︵╰,)

Então, alguém mais gosta tanto da série como eu?

Bjs!